Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4935
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 2011
metadata.dc.creator: PANTOJA, Vanda Maria Leite
metadata.dc.contributor.advisor1: MAUÉS, Raymundo Heraldo
Title: Santos e Espírito Santo, ou católicos e evangélicos na Amazônia marajoara
metadata.dc.description.sponsorship: FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
Citation: PANTOJA, Vanda. Santos e Espírito Santo, ou católicos e evangélicos na Amazônia marajoara. 2011. 223 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais.
metadata.dc.description.resumo: A presença evangélica na Região de Integração Marajó não é recente, data do início do século XX, mas é somente nas duas últimas décadas do mesmo período que se pode falar em uma expansão dos mesmos. Essa expansão é notada a partir da análise de dados estatísticos dos censos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, de 1991 e 2000 e de incursões a campo entre os anos de 2005 e 2010. O Crescimento dos evangélicos numa região de tradição católica tem mobilizado a Igreja Católica no sentido de melhorar seu desempenho no mercado religioso local. Entender como se tecem essas relações entre católicos e evangélicos e evangélicos e evangélicos foi o objetivo que me propus nessa pesquisa. Os dados de campo nos indicam que a Igreja Católica tem utilizado o discurso do avanço pentecostal na região para realizar algumas mudanças em seu universo, especialmente nas festas de santo, tanto nas cidades marajoaras como na capital, Belém do Pará. Por outro lado os evangélicos têm trabalhado no sentido de se afirmarem como um grupo religioso forte, e têm se preocupado, em termos de mercado, muito mais com seus “irmãos” de outras denominações que com a própria Igreja Católica.
Abstract: The presence of Christian evangelicals in the Marajó Region of Integration is not recent; it dates from the turn of the 20th century, but only in the last two decades has there been what may be called an expansion of their presence. This expansion is evident from a statistical analysis of censuses of the Brazilian Institute of Geography and Statistics – IBGE, from 1991 and 2000 and from incursions in the field between 2005 and 2010. The increase in the number of evangelicals in a traditionally Catholic region has mobilized the Catholic Church into improving its performance in the local religious “marketplace”. To understand the fabric of the relationships between Catholics and evangelicals as well as between evangelicals and other evangelicals was the objective proposed in this research project. The field data indicates that the Catholic Church has used the advance of Pentecostalism in the region as an argument to effect some changes within its sphere, particularly in regards to the feasts of the saints, as much in the cities of Marajó as in the capital, Belém do Pará. On the other hand, the evangelicals have been working hard to affirm themselves as a strong religious group, and have concerned themselves, in market terms, much more with their “brothers” of other denominations than with the Catholic Church itself.
Keywords: Religião
Catolicismo
Protestantismo
Festas religiosas
Ilha de Marajó - PA
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Ciências Sociais (Doutorado) - PPGCS/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_SantosEspiritoSanto.pdf6,34 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons