Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5036
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2009
metadata.dc.creator: RANDEL, Igor de Mesquita
metadata.dc.contributor.advisor1: BARRETTO, André Maurício Lima
Title: Representações imaginárias sociais da infidelidade conjugal feminina em Belém-PA
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: RANDEL, Igor de Mesquita. Representações imaginárias sociais da infidelidade conjugal feminina em Belém-PA. 2009. 73 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa objetivou identificar e compreender as representações imaginárias sociais sobre relacionamento extraconjugal feminino, presentes no discurso de mulheres casadas que mantêm relacionamentos extraconjugais. A teoria de Cornelius Castoriadis deu suporte para a realização deste estudo. Foi utilizada a metodologia qualitativa e foram realizadas entrevistas semidirigidas para obtenção das informações junto as participantes. Foram entrevistadas 09 mulheres casadas, com idade entre 30 e 48 anos, da classe média urbana de Belém-PA, que disseram ter pelo menos uma relação extraconjugal. Os dados foram analisados por meio do Método de Explicitação do Discurso Subjacente (MEDS). A análise dos resultados demonstraram que as mulheres justificam suas traições devido à traição do marido, como uma vingança, ou pelo fato dos cônjuges não as satisfazerem afetiva e/ou sexualmente. Exploraram-se: os diversos significados que as entrevistadas atribuíram à infidelidade; o modo como essas mulheres vivenciam o sentimento de culpa gerado pelo conflito existente entre as regras sociais introjetadas e o desejo de viver uma relação extraconjugal. Dessa forma, a infidelidade conjugal remete a momentos de felicidade, vivências que fogem à rotina diária, propiciada pelos momentos de lazer. Conclui-se que a dimensão imaginária direciona a ação humana, assumindo um papel fundamental na materialização da infidelidade no que diz respeito ao desejo dessas mulheres de manter uma outra relação fora do casamento. Dessa forma, ressalto que somente o conhecimento das regras instituídas socialmente não são suficientes, apesar de imprescindíveis, para gerar ações e modos de pensar compatíveis com as normas e valores sociais.
Abstract: The aim of his work was to identify and understand the social imaginary representations about the female extramarital relationship that are present into the speech of married women who keep extramarital relacionships. Cornelius Castoriadis’ theory supported the realization of this study. The utilized methodology was the qualitative methodology and semi-oriented interviews were achieved to obtain informations of the participants. Nine married women were interviewed, between 30 and 48 years-old, who belong to the urban middle class. These women were said to have at least one extramarital relationship. The data was analysed through “Método de Explicitação do Discurso Subjacente” (MEDS). The analysis of the results demonstrated that women justify their treasons due to the husband’s treason, as a revenge, or because their husband’s do not satisfy them affectively and/or sexually. The explored themes were: the various meanings that the interviewed women attributed to infidelity; the manner how these women live the feeling of guilt produced by existent conflicts between the introjected social rules and the desire to live an extramarital relationship. The matrimonial infidelity remits the happy moments that aren’t experienced daily, propiciated by moments of leisure. Therefore the imaginary dimension leads the human action, assuming a fundamental role in materialization of infidelity concerning the desire of these women to maintain another relationship outside their marriage. Therefore it is evident that only the knowledge of the socially established rules are not enough, even they are indispensable, to produce actions and thinking manners that are compatible with the social standards and values.
Keywords: Relações extramatrimoniais
Mulheres
Castoriadis, Cornelius, 1922-1997
Representações imaginárias sociais
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Psicologia (Mestrado) - PPGP/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_RepresentacoesImaginariasSociais.pdf1,04 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons