Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5376
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 8-Nov-2013
metadata.dc.creator: NASSAR, Sérgio Eduardo
metadata.dc.contributor.advisor1: MOREIRA, Wagner Wey
Title: A identidade profissional dos professores do Curso de Licenciatura em Educação Física da Universidade Federal do Pará
Citation: NASSAR, Sérgio Eduardo. A identidade profissional dos professores do Curso de Licenciatura em Educação Física da Universidade Federal do Pará. 2013. 233 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Belém, 2013. Programa de Pós-Graduação em Educação.
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo descreve a compreensão que o professor atuante no Ensino Superior atribui à sua identidade profissional e à que o curso de Educação Física busca forjar em seus egressos, e foi desenvolvido com 10 docentes da Faculdade de Educação Física do Campus de Castanhal, da Universidade Federal do Pará. A tese central é que a área da Educação Física, por não ter um objeto de estudo próprio que sustente uma identidade profissional, transita por um estado de crise epistemológica, resvalando, na prática pedagógica, que os docentes reproduzem, geralmente com conteúdos oriundos de sua formação acadêmica inicial e dos diálogos que estabelecem com concepções teórico-metodológicas distintas das assumidas no Projeto Pedagógico do Curso. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, com atitude fenomenológica, tendo como interrogativos: Qual(is) identidade(s) profissional(is) os professores do magistério superior de Castanhal/Pará, assumem no curso de EF? Qual(is) identidade(s) profissional(is) o curso de EF de Castanhal/Pará, busca forjar nos seus futuros egressos? Os dados empíricos foram produzidos por meio de questionário e entrevista estruturada, sendo organizados pela Técnica de Elaboração e Análise de Unidades de Significado (MOREIRA; SIMÕES; PORTO, 2005), que resultou nas unidades de significado. A análise dos dados empíricos é sustentada pela discussão empreendida sobre a identidade profissional por Dubar (1997; 1998; 2005; 2009), Sérgio (1995; 1999; 2003; 2008) e Bento (2004; 2006; 2012). O estudo revelou a dificuldade dos professores que atuam na Licenciatura em Educação Física em precisar qual a identidade profissional da área, atribuindo tal realidade à ausência de discussões dessa natureza, desde a sua graduação e na sua vida profissional. Apontamos para a necessidade de ampliar o debate sobre essas pautas que demarcam o hiato existente entre o que o Projeto Pedagógico de Curso anuncia e aquilo que os docentes protagonizam em sala de aula. Concluímos que os docentes não estabelecem este consenso entre o que o PPC propõe e aquilo que o currículo explana, não definindo a identidade do futuro professor que os docentes pretendem inserir no mercado de trabalho.
Abstract: The present study describes the understanding that the university teacher attaches to his/her professional identity and to the identity that the Physical Education course aims to beuild in its students, and was developed with 10 teachers at the College of Physical Education, Castanhal Campus of Pará Federal University. The central thesis is that the area of Physical Education, as it does not have an object of study of its own that sustains a professional identity, is in an epistemological crisis, slithering in pedagogical practices of teachers that tend to reproduce contents learned in their initial academic courses and from dialogues established with theoretical-methodological conceptions that do not match with the Pedagogical Project of the Course. It is a qualitative research, with phenomenological approach, meant to answer the following questions: What professional identity(s) do College Teachers assume in the Castanhal/Pará Physical Education Course? What professional identity(s) does the Castanhal/Pará Physical Education Course forge in students? Empirical data were produced by means of a questionnaire and a structured interview, based on the “Técnica de Elaboração e Análise de Unidades de Significado” (Development Technic and Units of Meaning Analysis) (MOREIRA; SIMÕES; PORTO, 2005), which resulted in the units of meaning. The empirical data is supported by the discussion on the professional identity by Dubar (1997, 1998, 2005, 2009), Sergio (1995, 1999, 2003, 2008) and Bento (2004, 2006, 2012). The study revealed the difficulties of teachers who work in the Physical Education College establishing the professional identity of the area, due to the absence of such discussions, ever since their graduation courses and in their professional lives. We point out to the need to broaden the debate on these issues that evidence the gap between the Pedagogical Project of the Course and the teachers‟ practice in classroom. We conclude that the collerge‟f teachers do not establish this consensus between what the PPC proposes and what the curriculum explains, not defining the identity of the future teachers that they intend to place in the job market.
Keywords: Identidade profissional
Ensino superior
Curso de Educação Física
Universidade Federal do Pará
Castanhal - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::ANTROPOLOGIA EDUCACIONAL
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências da Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Educação (Doutorado) - PPGED/ICED

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_IdentidadeProfissionalProfessores.pdf1,28 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons