Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/5853
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2-May-2006
metadata.dc.creator: ARAGÃO, Rigler da Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: LUIZ, José Gouvêa
Title: Metodologia geofísica aplicada à pesquisa de salvamento arqueológico nos sítios Bittencourt, Jambuaçu e Jaburu, Estado do Pará
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: ARAGÃO, Rigler da Costa. Metodologia geofísica aplicada à pesquisa de salvamento arqueológico nos sítios Bittencourt, Jambuaçu e Jaburu, Estado do Pará. 2006. 60 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Centro de Geociências, Belém, 2006. Curso de Pós-Graduação em Geofísica.
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho apresenta os resultados da aplicação de métodos geofísicos no salvamento arqueológico em três sítios no estado do Pará: Bittencourt, localizado em Abaetetuba; Jambuaçu, localizado em Moju; e Jaburu, localizado em Almeirim. Os métodos utilizados foram Magnetometria, Cintilometria e Radar de Penetração no Solo (GPR). As medidas magnéticas foram utilizadas para indicar os locais para escavação. O GPR foi usado para confirmar as anomalias detectadas pelas medidas magnéticas e proporcionou a diminuição de erros cometidos quando se identificam anomalias magnéticas que não são causadas por feições arqueológicas. As medidas de cintilometria foram usadas para tentar mapear os solos de Terra Preta Arqueológica (TPA) através da radiação gama natural do solo. Os locais indicados para escavação pela magnetometria e GPR possibilitaram a descoberta de materiais arqueológicos como cerâmica, louça, lítico e ferro. Os resultados obtidos com a cintilometria foram satisfatórios, mostrando haver relação entre as medidas mais baixas de cintilometria e as áreas com maior espessura de TPA. A metodologia geofísica utilizada demonstrou eficiência e rapidez sem causar impactos destrutivos nos sítios.
Abstract: We present the results obtained in the application of geophysical methods to help the archaeological rescue of remains in the three following sites in Pará, northern of Brazil: Bittencourt, located in Abaetetuba; Jambuaçu, located in Moju; and Jaburu, located in Almeirim. Magnetometry, scintillometry and ground penetrating radar (GPR) were used in the study. Magnetic measurements were taken as the main tool to indicate places for excavation. GPR was used to confirm the anomalies detected with the magnetic method and provided a restriction to the magnetic anomalies caused by non-archaeological artifacts. Scintillometry was used as an attempt to map the archaeological black earth (ABE) or Terra Preta Arqueológica (TPA) soil through the detection of natural gamma ray emitted by the ground. The excavations carried out on the indications of magnetometry and GPR yielded the recovery of ceramics, faience, lithics, and iron artifacts. The scintillometric data showed that exist a good correlation between low radiation and large thickness of ABE (TPA). The used geophysical methodology proved to be efficient and quick with no destructive impact to the sites.
Keywords: Geofísica aplicada
Prospecção arqueológica
Métodos geofísicos
Magnetometria
Radar de penetração no solo
Radiação gama
Abaetetuba - PA
Moju - PA
Almeirim - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICA::GEOFISICA APLICADA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Geociências
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geofísica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Geofísica (Mestrado) - CPGF/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_MetodologiaGeofisicaAplicada.pdf4,53 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons