Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/6719
Tipo: Dissertação
Data do documento: 27-Fev-2014
Autor(es): BATISTA, Suellen Monteiro
Primeiro(a) Orientador(a): PANTOJA, Tânia Maria Pereira Sarmento
Título: A dor que ressoa nos contos pós-64: aspectos de uma ficcionalização do testemunho
Agência de fomento: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citar como: BATISTA, Suellen Monteiro. A dor que ressoa nos contos pós-64: aspectos de uma ficcionalização do testemunho. 2014. 96 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Letras e Comunicação, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Resumo: A presente dissertação enfoca as relações entre a literatura e a história, tendo por objetivo identificar e analisar os aspectos recorrentes em contos que ficcionalizam o relato da tortura ligada ao Regime Militar brasileiro de 1964. Para tanto, elegemos como corpus desta pesquisa os textos “Acudiram três cavaleiros”, de Marques Rabelo (1967); “O mar mais longe que vejo”, de Caio Fernando Abreu (1970); “Pedro Ramiro”, de Rodolfo Konder (1977); “O jardim das oliveiras”, de Nélida Piñon (1980); “Saindo de dentro do corpo”, de Flávio Moreira da Costa (1982); “O leite em pó da bondade humana”, de Haroldo Maranhão (1983); “Não passarás o Jordão”, de Luiz Fernando Emediato (1984); e “A mancha”, de Luis Fernando Veríssimo (2003). Tais narrativas apresentam como núcleo narrativo cenas de tortura relacionadas à ditadura civil-militar instalada no Brasil em 1964. Partimos da hipótese de que esses contos se apropriam de aspectos composicionais do testemunho verídico e os reelaboram esteticamente nos textos, muitas vezes, rompendo o que se teoriza sobre o testemunho verídico, na tentativa de se traduzir em palavras as aporias da rememoração do trauma provocado pela tortura. Para dar conta de tais proposições, elegeu-se como percurso a contextualização histórica realizada no primeiro capítulo, com o intuito de pontuar as relações existentes entre as produções e o contexto histórico. Em seguida, no capítulo dois, realizou-se a revisão do referencial teórico que baseia a pesquisa, centrando nas formulações propostas acerca da teoria do testemunho. Por fim, no terceiro capítulo, realizou-se a análise do corpus, com base em três aspectos recorrentes nas narrativas: a composição dos personagens, a organização da narrativa e a seleção vocabular. Para tal análise iremos nos pautar, principalmente, nas formulações de Seligmann-Silva (2003; 2008), Valeria de Marco (2004) e Elcio Loureiro Cornelsen (2011), acerca do testemunho de catástrofes históricas e da dimensão ficcional dessas produções; nas proposições de Maria Rita Kehl (2004) sobre o corpo torturado; e nas considerações de Sigmund Freud (1920), sobre trauma.
Abstract: This dissertation focuses on the relations between literature and history and á ms to identify and analyze recurrent aspects in short stories that fictionalize torture reports linked to the 1964 Brazilian Military Regime. For that, we selected as corpus for this research the following texts: "Acudiram três cavaleiros", by Marques Rabelo (1967); "O mar mais longe que vejo", by Caio Fernando Abreu (1970); "Pedro Ramiro" by Rodolfo Konder (1977); "O jardim das oliveiras", by Nélida Pirion (1980); "Saindo de dentro do corpo" by Flávio Moreira da Costa (1982); "O leite em pó da bondade humana", by Haroldo Maranhão (1983); "Não passarás o Jordão" by Luiz Fernando Emediato (1984); e "A mancha", by Luis Fernando Veríssimo (2003). Such narratives feature as their narrative nucleus torture scenes related to civil-military dictatorship installed in Brazil in 1964. From the hypothesis that those short stories frame compositional aspects of truthful testimony which were esthetically redeveloped in the texts, several times, ripping with what it is theorized about truthful testimony, trying to put into words the hardship of trauma remembrance caused by torture. To enclose such propositions, it was elected as a route the historical contextualization approached in the first chapter, intending to point out the existing relations between the productions and the historical context. Then, in the second chapter, a review of the theorical referential has been done on what this research was based, built over the proposed formulations about the testimony theory. Finally, in the third chapter, the analysis of the corpus has been done, based on three recurrent aspects in the narratives: the characters composition, the arrangement of the narrative and the vocable selection. For such analysis, this research will be established, mainly, in Seligmann-Silva formulations (2003; 2008), Valéria de Marco (2004) and Élcio Loureiro Cornelsen (2011), about historical catastrophes testimonies and fictional dimension of those productions; in Maria Rita Kehl's propositions (2004) about the tortured body; and in Sigmund Freud's considerations (1920) about trauma.
Palavras-chave: Literatura brasileira - História e crítica
Contos brasileiros - História e crítica
Ditadura civil militar
Brasil - País
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Letras e Comunicação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Dissertações em Letras (Mestrado) - PPGL/ILC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_DorRessoaContos.pdf809,23 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons