Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/7686
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 12-May-2015
metadata.dc.creator: SILVA, André Luis Mileo Ferraioli
metadata.dc.contributor.advisor1: SOUZA, José Antônio da Silva
metadata.dc.contributor.advisor-co1: FELIPE, Augusta Maria Paulain Ferreira
Title: Influência de aditivo polimérico no comportamento mecânico e reológico das argamassas produzidas com rejeitos industriais
Citation: SILVA, André Luis Mileo Ferraioli. Influência de aditivo polimérico no comportamento mecânico e reológico das argamassas produzidas com rejeitos industriais. 2015. 100 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Tecnologia, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Química.
metadata.dc.description.resumo: As argamassas são consideradas como um sistema particulado em suspensão com agregado miúdo, aglomerante, água e aditivo polimérico constituinte orgânico. Fatores como granulometria, teor de cimento, cinza e aditivo em sua composição influenciam nas propriedades da argamassa tanto no estado fresco quanto no estado endurecido. Foi realizado o estudo reológico e de ensaio mecânico em argamassa elaborada para assentamento e revestimentos pela incorporação do aproveitamento de rejeito da construção civil (RCC) como agregado miúdo e cinza volante resíduo mineral proveniente da combustão das caldeiras da empresa HYDRO ALUNORTE. O presente trabalho visa desenvolver uma argamassa modificada por polimero que possua como aglomerante Cimento Portland CPII E-32RS e cinza volante e como agregado miúdo areia e RCC aditivada por poliacetato de vinila (PVA). Foi realizado o estudo da influência do cimento, da cinza, da granulométrica dos agregados e do uso de aditivo polimérico PVA nas propriedades da argamassa. Os materiais foram submetidos à caracterização física e química através de análise granulométrica, fluorescência de raio-x e FTIR. Na elaboração dos corpos de provas foi realizado o estudo de 6 traços com 5% em massa de cimento e 3 traços com 10% em massa de cimento, ambos com diferentes teores de cinza, areia, RCC e mantendo quantidade de cimento portland constante. Ainda foi avaliado a comparação das propriedades mecânicas e reológicas dos traços com e sem PVA. Os traços no estado fresco foram submetidos a ensaio reológico. Após 28 dias de cura os corpos de prova dos traços já no estado endurecido foram submetidos a ensaios de resistência mecânica a compressão, massa especifica, absorção aparente e porosidade aparente. A pesquisa demonstrou que o emprego de aditivo polimérico a base de PVA melhorou as propriedades mecânicas da argamassa elaborada com rejeitos industriais além de garantir comportamento reológico satisfatório para possível aplicação da mesma na construção civil.
Abstract: Mortars are considered to be particulate systems in suspension with fine aggregate, binder, water and organic polymeric additive. Factors such as granulometry, cement, ash and additive contents in their composition influence mortar properties in both the fresh and hardened states. A rheological study and mechanical test were performed on mortar prepared for floors and coatings through incorporating civil construction wastes (RCC) such as fine aggregate and fly ash, a mineral waste derived from combustion in boilers at the HYDRO ALUNORTECompany. This study seeks to develop a polymeric mortar that uses CPII E-32RS Portland cement andflyashas binders and fine sand and RCC with polyvinyl acetate (PVA) as aggregates. A study was performed on the influence of cement, ash, granulometry of aggregates and use of PVA based-polymeric additives on mortar properties.The materials were submitted to physical and chemical characterization using granulometric analysis, X-ray fluorescence and FTIR. In preparing the specimens, 6 formulas with 5% cement and 3 formulas with 10% cement were used, both with different levels of ash, sand and RCC andmaintaining a constant level of Portland cement content. A comparison of the mechanical and rheological properties of formulas with and without PVA was also made.Formulas in a fresh state were submitted to rheological tests. After 28 days of curing specimens of these formulas, by then in a hardened state, were submitted to tests for mechanical resistance to compression, specific mass, apparent absorption and apparent porosity. The research demonstrated that employing a PVA-based polymeric additive improved the mechanical properties of the mortar prepared with industrial wastes, as well as guaranteeing satisfactory rheological behavior for possible applications of such mortars in civil construction.
Keywords: Materiais de construção
Argamassa
Polímeros
Reologia
Resíduos industriais
Aditivos
Cinza volante
Rejeito da Construção Civil (RCC)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICA::PROCESSOS INDUSTRIAIS DE ENGENHARIA QUIMICA::PROCESSOS INORGANICOS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Tecnologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Engenharia Química (Mestrado) - PPGEQ/ITEC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_InfluenciaAditivoPolimerico.pdf1,97 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons