Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/7846
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 8-Apr-2016
metadata.dc.creator: FERREIRA, Vanilda Araújo
metadata.dc.contributor.advisor1: SANTANA, Antônio Cordeiro de
Title: As influências socioeconômicas e ambientais da cadeia produtiva do dendê no desenvolvimento local do baixo Tocantins
metadata.dc.description.sponsorship: PROPESP/UFPA - Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
Citation: FERREIRA, Vanilda Araújo. As influências socioeconômicas e ambientais da cadeia produtiva do dendê no desenvolvimento local do baixo Tocantins. 2016. 137 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Belém, 2016. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido.
metadata.dc.description.resumo: Este estudo investiga as influências sociais, econômicas e ambientais do “agronegócio do dendê” sobre a dinâmica do desenvolvimento local no Baixo Tocantins. Pela natureza estratégica da investigação, o método de pesquisa utilizado foi do tipo quali-quantitativo, a partir da percepção dos atores locais integrados à cadeia produtiva. Realizou-se entrevistas e coleta de dados secundários, com vistas a identificar, analisar e interpretar os fatores que representam os impactos e externalidades socioambientais que estão configurando a qualidade de vida das pessoas. Os resultados demonstraram que a introdução da cadeia produtiva do dendê no Baixo Tocantins, com características de monocultura, está produzindo uma gama de efeitos socioeconômicos e ambientais negativos, na forma de integração vertical da produção. O agricultor familiar tornou-se uma espécie de “funcionário terceirizado” da empresa, por meio de uma relação contratual na qual a ausência de mecanismos decisórios participativos evidencia que a estrutura de poder e as forças que determinam a governança da cadeia produtiva de dendê são controladas de forma unilateral pela empresa Agropalma. Esse processo é sustentado pela fragilidade da organização social desses trabalhadores nas comunidades pesquisadas, o que reflete o baixo nível conscientização dos agricultores sobre a importância da organização social como ferramenta para o empoderamento desses sujeitos sociais. Este ambiente não permite que as comunidades locais acumulem capital suficiente, tampouco desfrutem de boa qualidade de vida, com garantia de liberdades substantivas e condições ambientais adequadas que possam induzir, endogenamente, uma trajetória dinâmica de desenvolvimento local. Espera-se, através desta pesquisa, contribuir para aprofundar a discussão sobre a implementação de políticas públicas no meio rural, sobretudo às relacionadas à expansão da dendeicultura, como uma das possibilidades de recuperar áreas desflorestadas e promover o desenvolvimento regional, com base na integração entre agroindústria e pequeno agricultor familiar no estado do Pará.
Abstract: This paper investigates the social, economic and environmental influences of the "palm oil agrobusiness" in the dynamics of the local development of “Baixo Tocantins”. According to the strategic nature of the research, the method used was the quali-quantitative type, from the perception of integrated local agents of the chain production. We conducted interviews and collected secondary data in order to identify, analyze and interpret the factors of socioeconomic and environmental impacts and externalities which are configuring people’s quality of life.The results showed that the introduction of the chain production of palm oil in “Baixo Tocantins”, with monoculture features, is producing a wave of negative socioeconomic and environmental effects in the form of vertical integration of production. The family rural worker has become a kind of “employee outsourced “of the company, through a contractual relationship in which the absence of participatory decision-making mechanisms shows that the power structure and the forces that determine the governance of the chain production of palm oil are controlled in a unilateral way by Agropalma. This process is supported by the weakness of the social organization of these workers in the surveyed communities, reflecting the low level of awareness among farmers about the importance of social organization as a tool for empowering these social subjects. This environment neither allows local communities to accumulate enough capital, nor enjoys good quality of life, with a guarantee of substantive freedoms and appropriate environmental conditions that can induce endogenously, a dynamic path of local development. It is expected through this search a contribution to deepen the discussion about the implementation of public policies in rural areas, particularly those related to the expansion of palm oil culture as one of the possibilities to recover deforested areas and promote regional development, based on integration between agribusiness and small family rural worker in Para state.
Keywords: Agricultura familiar
Agroindústria
Dendê
Planejamento regional
Impacto socioambiental
Desenvolvimento local
Dendeicultura
Região do Baixo-Tocantins - PA
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA::GEOGRAFIA HUMANA::GEOGRAFIA AGRARIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Altos Estudos Amazônicos
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido (Mestrado) - PPGDSTU/NAEA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_InfluenciasSocioeconomicasAmbientais.pdf3,23 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons