Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/8524
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 15-Dec-2014
metadata.dc.creator: BASTOS, Sandra Nazaré Dias
metadata.dc.contributor.advisor1: CHAVES, Silvia Nogueira
Title: Retrato falado do professor de biologia: ciência e docência em discurso
metadata.dc.description.sponsorship: FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
Citation: BASTOS, Sandra Nazaré Dias. Retrato falado do professor de biologia: ciência e docência em discurso. 2014. 187 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Educação Matemática e Científica, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas.
metadata.dc.description.resumo: Como é pensada a docência em um curso de Licenciatura em Ciências Biológicas imerso em um contexto que prioriza atividades de pesquisa? Que discursos capturam os alunos desse curso? Que interdições são impostas a eles? Que regimes de verdade validam (e silenciam) os discursos que atravessam essa formação? Como discursos sobre docência se articulam a outros discursos forjando professores de Ciências e Biologia? São essas perguntas que direcionam os caminhos desta investigação no sentido de defender a tese de que a subjetividade docente é montada e regulada por meio de processos discursivos e não discursivos que definem o professor de biologia como biólogo, prescrevendo formas de moralidade e experiências de si que incitam o sujeito a justapor/colar o biólogo como sujeito da docência. Nesse caminho foi tomado como corpus de pesquisa práticas discursivas e não discursivas materializadas na forma de documentos legais sobre a formação de professores, projeto pedagógico de curso, arquitetura dos espaços, eventos acadêmicos, produção científica de professores com intuito de capturar processos de subjetivação presentes nesse contexto. As análises estão entrelaçadas às ferramentas teóricas pensadas por Michel Foucault para mapear enunciados que, relacionadas a prescrições, determinações, qualificações do sujeito docente, determinam verdades sobre seu corpo e sua conduta. Enunciados que ao falar sobre o indivíduo ao mesmo tempo lhes propõe uma ação moral – uma forma de viver, uma forma de ser, uma forma de se ver – criando ou determinando sujeitos como lugares de verdade. “Nascem” assim professores de Biologia que tem um olhar diferente sobre a natureza, que sabem decifrar o corpo e suas patologias, que reconhecem, identificam, que sistematizam o ambiente e os organismos que ali se estabelecem, que sabem falar palavras difíceis e que tem o laboratório como local de seu fazer docente. Um profissional que reiteradamente reivindica espaços e materiais específicos para que o exercício da docência se concretize de maneira eficiente. Ao problematizar essas questões é possível pensar o professor de Biologia como sujeito histórico, que é tramado em sistemas de verdade postos em operação por complexos mecanismos de saber-poder.
Abstract: How the teaching in a Biological Sciences Degree is thought immersed in a context that prioritizes research activities? Which speeches capture the students of this course? Which taboos are imposed to them? What regimes of truth validate (and silence) the speeches that go through this training? How speeches about teaching are linked to other discourses forging science teachers and Biology? These are questions that direct the paths of this research in order to defend the thesis that the teachers' subjectivity is built and adjusted by means of discursive and non-discursive processes that define the biology teacher as a biologist, prescribing forms of morality and self experiences urging the subject to juxtapose/paste the biologist as the subject of teaching. In this way was taken the corpus of discursive practices research and discursive not materialized in the form legal documents on teacher training, pedagogical project of course, spaces of architecture, academic events, scientific production of teachers with order to capture subjective processes present in this context. In this way discursive and non-discursive practices were taken as the corpus of research materialized as legal documents on teacher training, pedagogical project of course, architecture of spaces, academic events, scientific production of teachers in order to capture subjectivity processes present in this context. The analyzes are intertwined with theoretical tools developed by Michel Foucault to map statements that, related to prescriptions, determinations, qualifications of the subject teacher, define truths about your body and your behaviour. Statements that when talking on the individual at the same time offers them a moral action - a way of living, a way of being, a way to see himself - creating or determining subjects as real places. This way the biology teachers are "born", people who have a different look about nature, that know how to decipher the body and its diseases, which recognize,identify, systematize the environment and the organisms that there are established, which can speak big words and have the laboratory as a place to do their teaching. A professional who repeatedly claims spaces and specific materials for the exercise of teaching be realized efficiently. By discussing these questions you can think Professor of Biology as a historical subject, which is plotted in real systems put into operation by complex mechanisms knowledge-power.
Keywords: Professores
Ciência
Biologia
Subjetividade
Análise do discurso
Formação de professores
Estudo e ensino
Educação em ciências
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Educação Matemática e Científica
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Educação em Ciências e Matemáticas (Doutorado) - PPGECM/IEMCI

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_RetratoFaladoProfessor.pdf3,64 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons