Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8555
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 8-Oct-2015
metadata.dc.creator: BRITO, Ivete Brito e
metadata.dc.contributor.advisor1: CHAVES, Silvia Nogueira
Title: Ser professor de ciências e matemática: regimes de verdade e processos de subjetivação
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: BRITO, Ivete Brito e. Ser professor de ciências e matemática: regimes de verdade e processos de subjetivação. 2015. 85 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Educação Matemática e Científica, Belém, 2015. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas.
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho resulta de pesquisa desenvolvida durante o curso de Mestrado e tem como principal objetivo discutir a produção de subjetividade de professores de Ciências e Matemática a partir de jogos de verdade que instituem o lugar do bom e do mau professor. Nessa perspectiva, problematizam-se os enunciados que fabricam contemporaneamente a docência e as condições que tornaram possível dizê-la de um lugar específico. Para tal, realizou-se a análise de enunciados inscritos em narrativas autobiográficas presentes em dissertações de Mestrado de um Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática de uma Universidade Pública Federal. Nestas narrativas, os mestrandos relatam movimentos de aproximação com o objeto de pesquisa de suas dissertações dando visibilidade aos discursos sobre docência que os atravessam, formam e informam seus saberes e práticas. Tomando como ferramentas analíticas as teorizações de Michel Foucault acerca dos processos de subjetivação o estudo examina contingências e enunciados que tem conduzido à construção de discursos sobre formação de professores de ciências e matemática que prevalecem em determinados momentos históricos produzindo modos de ser professor. As narrativas são examinadas como parte de um conjunto de produções culturais ao lado da literatura da área de Educação em Ciências e Matemática, de textos legais e midiáticos como artefatos que não apenas dizem, mas fazem aparecer à docência em ciências e matemática como objeto de época que se transforma ao longo da história. O resultado das análises permite construir um inventário tipológico cambiante e coexistente de professores tradicionais, inovadores, pesquisadores reflexivos... Que vão se alternando, se sobrepondo, confrontando, compondo um repertório de regras e condutas que normatizam e moralizam formação e prática docentes. Contudo, há que se destacar as porosidades no tecido que constrói as vestes deste mutante professor, são fissuras que deixam vazar outras possibilidades de ver, dizer e viver a docência como espaço de invenção de si.
Abstract: This work is the result of research developed during the master's degree and has the main objective think the production of subjectivity of science and mathematics teachers from “games of truth” establishing the place of good and bad teacher. In this sense, it raises the statements that produce, contemporarily, teaching and the conditions that made it possible to say it to a specific place. For such, a statements analysis enrolled in autobiographical narratives present in Master's dissertations of a program of graduate in Education in Science and Mathematics of a Federal Public university was carried out. In these narratives, Master's students reported approach movements with the research object of their dissertations giving visibility to the discourse on teaching crossing, shape and inform their knowledge and practices. Taking as analytical tools the theories of Michel Foucault about the processes of subjectivity the study examines contingencies and statements that have led to the construction of discourses on teacher training in science and mathematics prevalent in certain historical moments producing ways of being teachers. Narratives are thought of as part of a set of cultural productions side of literature to area of Education in Science and Mathematics, legal texts and mediatic as artifacts that not just say, but bring up the teaching in science and mathematics as a subject of time that turns throughout history. The results of the analysis allowed to build an typological inventory changing and coexisting of traditional teachers, innovative, reflective researchers...Ranging alternating, overlapping, confronting, composing a repertoire of rules and behaviors that regulate and moralize formation and practice teachers. However, it is necessary to highlight the porosities in the tissue that builds the garments of this mutant teacher, are cracks that leak other ways of seeing and living teaching as espace of self-production.
Keywords: Professores de matemática
Professores de ciências
Formação de professores
Autobiografia
Produção de subjetividade
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::MATEMATICA
CNPQ::OUTROS::CIENCIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Educação Matemática e Científica
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Educação em Ciências e Matemáticas (Mestrado) - PPGECM/IEMCI

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ProfessorCienciasMatematica.pdf2,22 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons