Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/9597
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorFAIRCHILD, Thomas Massao-
dc.date.accessioned2018-03-20T16:18:15Z-
dc.date.available2018-03-20T16:18:15Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.citationFAIRCHILD, Thomas. O professor no espelho: refletindo sobre a leitura de um relatório de estágio na graduação em letras. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, Belo Horizonte, v. 10, n. 1, p. 271-288, 2010. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9597>. Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.issn1984-6398pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9597-
dc.description.abstractIn this paper we defend that one of the main drawbacks in Portuguese first language teaching in Brazil is the teachers’ difficulty to sustain a specific discourse about their object of expertise, which in turn puts their professional status at stake. In order to revert this, we have been studying how a “professional teacher’s discourse” comes into being by analyzing pieces written by undergraduate students in Languages and Literature. We present here an analysis of an internship report based on the concept of “image” such as proposed by Pêcheux (1969). We discuss particularly writing procedures that favor the subject’s evading her own experience more than using it to build new knowledge. In this case, instead of using theoretical instruments, the subject clings to explanations that stand beside her object of analysis, moved by the need to conceal an image she sustains of herself as a teacher. The result is a construction that can hardly push towards any educational improvement, but rather preserves the layman character of her discourse.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Parápt_BR
dc.relation.ispartofRevista Brasileira de Linguística Aplicadapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source.urihttp://www.scielo.br/pdf/rbla/v10n1/14.pdfpt_BR
dc.subjectAnálise do discurso - Docentept_BR
dc.subjectEscrita - Universidadept_BR
dc.subjectProfessores - Formaçãopt_BR
dc.titleO professor no espelho: refletindo sobre a leitura de um relatório de estágio na graduação em letraspt_BR
dc.title.alternativeThe teacher in the mirror: reflecting on a student's internship reportpt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFPApt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTESpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1771292039081039pt_BR
dc.citation.volume10pt_BR
dc.citation.issue1pt_BR
dc.citation.spage271pt_BR
dcterms.citation.epage288pt_BR
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.1590/S1984-63982010000100014pt_BR
dc.description.resumoNeste artigo defendo que um dos entraves centrais do ensino de Português é a dificuldade de o professor sustentar um discurso específico sobre o seu objeto de especialidade, o que põe em jogo sua própria condição profissional. Contra isso, venho pesquisando a formação de um “discurso profissional docente” através da análise da escrita de alunos de graduação em Letras. Apresento aqui a leitura de um relatório de estágio a partir do conceito de “imagem” proposto por Pêcheux (1969). Problematizo especificamente alguns processos de escrita que parecem favorecer a evasão do sujeito em relação à sua experiência mais do que a construção de conhecimento a partir dela. Nesse caso, em vez de se valer de instrumentos teóricos para analisar dados empíricos, o sujeito adere a explicações laterais ao seu objeto de análise, cujo motor é a ocultação de uma imagem de si. O resultado é uma elaboração que dificilmente se traduz em efeitos de formação, mas antes preserva o caráter leigo de seu discurso sobre o ensino.pt_BR
Appears in Collections:Artigos Científicos - FALE/ILC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_ProfessorEspelhoRefletindo.pdf91,53 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons