Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/12221
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 14-Aug-2018
metadata.dc.creator: MESQUITA, Adriano Santos de
metadata.dc.creator.ORCID: https://orcid.org/0000-0002-4322-4560
metadata.dc.description.affiliation: Secretaria de Estado de Educação do Pará
metadata.dc.contributor.advisor1: MANFREDO, Elizabeth Cardoso Gerhardt
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: https://orcid.org/0000-0002-5391-0097
Title: Percepções docentes sobre sexualidade humana na perspectiva do letramento científico nos anos iniciais do ensino fundamental
Citation: MESQUITA, Adriano Santos de. Percepções docentes sobre sexualidade humana na perspectiva do letramento científico nos anos iniciais do ensino fundamental. Orientadora: Elizabeth Cardoso Gerhardt Manfredo. 2018. 151 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Docência em Educação em Ciências e Matemáticas) - Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas, Instituto de Educação Matemática e Científica, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/12221. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Esta é uma pesquisa-ação (BARBIER, 2004; THIOLLENT, 2011) que trata de Percepções Docentes sobre Sexualidade Humana na perspectiva do Letramento Científico nos anos iniciais do ensino fundamental. A sexualidade é assumida, nesta pesquisa, como uma concepção contemporânea e abrangente sob as dimensões biológica, social, emocional, cultural e religiosa (OLIVEIRA, 2009); e o letramento científico como práticas que promovem o entendimento do indivíduo de conhecimentos relativos à ciência e à tecnologia e seu emprego e compreensão em ações cotidianas (SANTOS, 2007). Teve como objetivo investigar modos de professores abordarem a temática sexualidade humana, considerando o letramento científico e evidenciando novas percepções deles sobre suas abordagens a partir de processos formativos promovidos nos contextos de atuação nos anos iniciais do ensino fundamental. A pesquisa ocorreu na Escola Estadual de Ensino Fundamental Rosa Gattorno, localizada na cidade de Belém-Pará. Quatro professoras participaram de todas as etapas da pesquisa e foram selecionadas por serem professoras polivalentes, efetivas, formadas em pedagogia, atuantes nos dois turnos de funcionamento da escola, em turmas do 1º ao 5º ano. O material empírico constituiu-se dos seguintes instrumentos investigativos: questionário, com questões objetivas e subjetivas, aplicado anteriormente aos momentos de interação com as professoras; encontros pedagógicos, momentos de formação planejados pela própria instituição de ensino com o objetivo de contribuir para a formação em serviço dos professores; interações cotidianas, ocorridas durante todo o processo; os encontros pedagógicos e demais interações foram registrados no diário de campo utilizado ao longo da pesquisa; oficina de formação, da qual resultaram oito sequências didáticas integrantes do produto educacional desta dissertação intitulado de ―Sugestões para abordagem de temas relativos à Sexualidade Humana nos anos iniciais‖, e entrevista semiestruturada realizada com as professoras após a oficina de formação. Na análise das percepções docentes sobre a temática da sexualidade, antes e após as intervenções, foi empregada a Análise Textual Discursiva (ATD) (MORAES; GALIAZZI, 2016). Como resultados das análises e de acordo com as experiências narradas, foram evidenciadas práticas escolares envolvendo conteúdos de sexualidade humana, muitas vezes, desvinculadas de práticas efetivas de letramento científico, demonstrando desconhecimento dessa abordagem em aula, mas. Tal cenário demonstrou alteração, conforme as interações realizadas na pesquisa, levando à tese de que as percepções das professoras, antes concentradas em discursos biologizantes e científicos relativos ao ensino da sexualidade humana, após os momentos formativos, apontam para a construção de novos saberes que passam a compreender a sexualidade em dimensões e o letramento científico como conceito novo que deve ser vinculado às práticas sociais dos alunos dos anos iniciais do ensino fundamental.
Abstract: This is a research-action (BARBIER, 2004; THIOLLENT, 2011) approaching educational insight about human sexuality on scientific literacy perspective in the Elementary School. The sexuality is took on as a contemporary and extensive conception under the biological, social, emotional, cultural and religious views (OLIVEIRA, 2019), as well as the scientific literacy as practices which promote an understanding about knowledge related to science and technology including their use and comprehension in everyday actions (SANTOS, 2007). The purpose of this research was to investigate in which ways teachers of elementary education talks about human sexuality considering the scientific literacy. It was given a special attention to the new perceptions about their approaching, starting from the formative processes promoted in the elementary school context. This research was at Rosa Gattorno Elementary School, located in the city of Belém-Pará. Four teachers participated of all stages of this research, and they were selected considering their experience with students from 1st to 5th grades and also their formation in Pedagogy. The material used in this research was: a set of objective and subjective questions previously applied to the teachers in moment of interaction; pedagogical meetings; training workshops. All of these actions were planned by the institution with the purpose of contribute to the formation of teachers. They were also registered in the field diary used during the research. The conclusion of all these actions was through eight teaching series that make part of this dissertation called ―Suggestion to talk about theme related to human sexuality in Elementary Scholl‖, it also included semi-structured interviews, held at the end of the process and that started from two issues alluding to the new perceptions manifested by the teachers. It was used The Discursive Textual Analysis (DAT) (MORAES; GALIAZZI, 2016) for the analysis of the teachers' perceptions on the subject, after the interventions. As a result, it was evidenced school practices in contents of human sexuality, and sometimes, unrelated to practices of scientific literacy, showing unfamiliarity of this approach in class. Changes have been observed, leading to the conclusion that the teachers' perceptions, previously focused on biological and scientific discourses related to the teaching of human sexuality, after the training moments, point to the construction of new knowledge that comes to understand sexuality in dimensions and scientific literacy as a new concept that must be linked to the social practices of students in the elementary education.
Keywords: Sexualidade Humana
Letramento Científico
Formação Docente
Anos Iniciais
Human Sexuality
Scientific Literacy
Teacher training
Elementary School
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: ENSINO, APRENDIZAGEM E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICAS
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: ENSINO E APRENDIZAGEM DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICAS PARA A EDUCAÇÃO CIDADÃ
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Educação Matemática e Científica
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Docência em Educação em Ciências e Matemáticas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Docência em Educação em Ciências e Matemáticas (Mestrado) - PPGDOC/IEMCI

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PercepcoesDocentesSexualidade.pdf2,19 MBAdobe PDFView/Open
Produto_SugestoesAbordagemTemas.pdf1,22 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons