Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/6275
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSILVA, Rosângela Maria de Nazaré Barbosa e-
dc.date.accessioned2015-02-04T17:12:06Z-
dc.date.available2015-02-04T17:12:06Z-
dc.date.issued2014-08-21-
dc.identifier.citationSILVA, Rosângela Maria de Nazaré Barbosa e. As estratégias discursivas sobre políticas educacionais da ditadura militar: O caso da Revista de Cultura do Pará. 2014. 253 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Educação.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6275-
dc.description.abstractThis thesis aims to analyze the discursive strategies of nationalism and national identity in the present educational documents and of the Revista de Cultura do Pará and its convergence in the definition of Pará educational policy in the period 1970-1985. This paper argues that the converging arguments as discursive strategies of educational documents and of the Revista de Cultura do Pará in the period 1970-1985, due to the political and cultural moment of the game, setting the senses imposed educational policy (and respectively cultural policy) , based on the ideology of nationalism (and regionalism), and built in this period a national and regional identity set on a notion of citizenship, which contributed to the legitimacy and hegemony of the military regime. From a methodology focused on documentary analysis of the Revista de Cultura do Pará in the period 1970-1979, and based on the theory of Pierre Bourdieu and the postulates of the theory of nationalism, Anderson and Hobsbawm, the study concludes that these intellectuals undertook discursive strategies of integrative and conciliatory character of a national policy aimed at national integration, and therefore were quite harmonious with the policy guidelines of civil-military dictatorship and became an obligatory reference in the education process citizens, for its potential to build a positive outlook regarding their nationality, their history and their space.pt_BR
dc.description.sponsorshipSEDUC/PA - Secretaria de Estado de Educação-
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Pará-
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectNacionalismopt_BR
dc.subjectEducação e Estadopt_BR
dc.subjectIdentidade nacionalpt_BR
dc.subjectRegime políticopt_BR
dc.subjectGoverno militarpt_BR
dc.subjectAnálise do discursopt_BR
dc.subjectPará - Estadopt_BR
dc.subjectAmazônia brasileirapt_BR
dc.titleAs estratégias discursivas sobre políticas educacionais da ditadura militar: O caso da Revista de Cultura do Parápt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências da Educação-
dc.publisher.initialsUFPA-
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::PLANEJAMENTO E AVALIACAO EDUCACIONAL::POLITICA EDUCACIONAL-
dc.contributor.advisor1COELHO, Wilma de Nazaré Baía-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1035616337472088-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7496714450612714-
dc.description.resumoEsta tese tem como objetivo analisar as estratégias discursivas sobre nacionalismo e identidade nacional presentes nos documentos educacionais e na Revista de Cultura do Pará e sua convergência na definição da política educacional paraense no período de 1970-1985. Este trabalho defende como argumentação que as estratégias discursivas convergentes dos documentos educacionais e da Revista de Cultura do Pará no período de 1970-1985, em função do jogo político e cultural do momento, impuseram sentidos definindo a política educacional (e uma política cultural respectivamente), pautada na ideologia do nacionalismo (e do regionalismo), e construiu nesse período uma identidade nacional e regional ajustada em uma noção de cidadania, o que contribuiu para a legitimidade e hegemonia do Regime Militar. A partir de uma metodologia centrada em análise documental da Revista de Cultura do Pará no período compreendido entre 1970-1979, e tendo como base a teoria de Pierre Bourdieu, bem como os postulados da teoria do nacionalismo de Anderson e Hobsbawm, o estudo conclui que esses intelectuais empreenderam estratégias discursivas de caráter integrador e conciliador de uma política nacional que visava à integração nacional, e, portanto, foram bastante harmônicas com as diretrizes políticas da ditadura civil-militar, bem como, tornaram-se uma referência obrigatória no processo de educação dos cidadãos, pela sua potencialidade de erigir uma perspectiva positiva em relação à nacionalidade, sua história e seu espaço.-
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educação-
Appears in Collections:Teses em Educação (Doutorado) - PPGED/ICED

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_EstrategiasDiscursivasPoliticas.pdf2,11 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons