Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/7088
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Mar-2014
metadata.dc.creator: PARACAMPO, Carla Cristina Paiva
SOUZA, Lívia Mello
ALBUQUERQUE, Luiz Carlos de
Title: Variáveis que podem interferir no seguir regras de participantes flexíveis e inflexíveis
Other Titles: Variables which may interfere in following rules by flexible and inflexible participants
Citation: PARACAMPO, Carla Cristina Paiva; SOUZA, Lívia Mello; ALBUQUERQUE, Luiz Carlos de. Variáveis que podem interferir no seguir regras de participantes flexíveis e inflexíveis. Psicologia: Reflexão e Crítica, Porto Alegre, v. 27, n. 1, p. 124-133, mar. 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/prc/v27n1/14.pdf>. Acesso em: 5 fev. 2016. <http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722014000100014>.
metadata.dc.description.resumo: Com o objetivo de avaliar o efeito de histórias pré-experimentais sobre o seguir regras, 16 estudantes universitários foram expostos a um procedimento informatizado de escolha segundo o modelo. A tarefa era apontar cada um dos três estímulos de comparação em sequência. Oito participantes, quatro flexíveis e quatro inflexíveis, foram submetidos a cada uma das duas condições de quatro fases. Na Fase 1, a sequência correta era estabelecida por contingências. Reforço para a emissão da sequência correta foi mantido durante as três fases - na Condição 1, o programa de reforço contínuo (CRF) e na Condição 2, a relação fixa de quatro (FR4). Em ambas as condições, a Fase 2 começou com a apresentação de uma regra discrepante, a Fase 3 começou com uma regra correspondente, e Fase 4 começou com uma regra discrepante. Seguindo a regra discrepante não produziu o reforço programado, mas seguindo a regra produzida correspondente reforço. Na Condição 1 (CRF) , os 8 participantes deixaram de seguir a regra discrepante, independentemente de serem ßexíveis ou inßexíveis. Na Condição 2 (FR4), os inßexíveis seguiram e os ßexíveis deixaram de seguir a regra discrepante. Sugere-se que os efeitos de histórias pré-experimentais são modulados por variáveis atuais.
Abstract: Aiming to evaluate the effect of pre-experimental histories on rule-following, 16 college students were submitted to a computerized matching-to-sample procedure. The task was to point to each of three comparison stimuli in sequence. Eight participants, 4 flexible and 4 inflexible, were allocated to each of two four-phase conditions. In Phase 1, the correct sequence was established by contingencies. Reinforcement to the emission of the correct sequence was maintained during the following three phases – in Condition 1, the continuous reinforcement schedule (CRF), and in Condition 2, the fixed-ratio 4 (FR4). In both conditions, Phase 2 started with the presentation of a discrepant rule, Phase 3 started with a corresponding rule, and Phase 4 started with a discrepant rule. Following the discrepant rule did not produce the programmed reinforcement, but following the corresponding rule produced reinforcement. In Condition 1 (CRF), the 8 participants, flexible and inflexible, stopped following the discrepant rule. In Condition 2 (FR 4), the inflexible participants kept following the discrepant rule and the flexible ones stopped following it. It is suggested that the effects of pre-experimental histories are modulated by present variables.
Keywords: Regras (Psicologia)
Contingências (Psicologia)
Histórias experimentais (Psicologia)
Estudantes universitários
ISSN: 0102-7972
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_VariaveisPodemInterferir.pdf415,42 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons