Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/8799
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 7-Feb-2017
metadata.dc.creator: PINHEIRO, Welington da Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: ALVES, Laura Maria Silva Araújo
Title: O Instituto Orfanológico do Outeiro: assistência, proteção e educação de meninos órfãos e desvalidos em Belém do Pará (1903-1913)
Citation: PINHEIRO, Welington da Costa. O Instituto Orfanológico do Outeiro: assistência, proteção e educação de meninos órfãos e desvalidos em Belém do Pará (1903-1913). 2017. 227 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Belém, PA, 2017.
metadata.dc.description.resumo: Em 1903, no contexto de grande desenvolvimento da cidade de Belém em razão dos lucros da economia da borracha amazônica, os governantes Antônio Lemos e Augusto Montenegro criaram o Instituto Orfanológico do Outeiro, destinado à abrigar crianças do sexo masculino, que fossem consideradas órfãs e desvalidas, na faixa etária de cinco e doze anos. Essa instituição e as ações de assistência, proteção e educação configuraram-se como o objeto de estudo desta tese de doutoramento. Inserida no campo da História da Educação, mais precisamente, no âmbito da História das Instituições Educativas, em interface com a História da Infância, a presente tese problematizou: que discursos ideológicos foram veiculados na trajetória do Instituto Orfanológico do Outeiro, no que diz respeito à assistência, proteção e educação de meninos órfãos e desvalidos no contexto político e econômico do Pará do início do século XX? Para responder este questionamento, delimitou-se o objetivo geral de analisar os discursos ideológicos que permearam a história do Instituto Orfanológico do Outeiro, em relação à assistência, proteção e educação de meninos órfãos e desvalidos, no período de 1903 à 1913; e enquanto objetivos específicos, têm-se: a) investigar a estruturação, o espaço e o corpo de funcionários da instituição; c) identificar o processo de ingresso, permanência e desligamento dos educandos no instituto; d) caracterizar o perfil dos meninos matriculados na instituição; e e) analisar os discursos que constituíram as práticas de assistência, proteção e educação no Instituto Orfanológico do Outeiro à luz da teoria bakhtiniana. O período investigado foi selecionado por demarcar o ano de criação e de término da instituição. O estudo é do tipo documental, tendo como fontes centrais de informação para a composição do corpus da pesquisa o jornal “A Província do Pará”, as Mensagens dos Governadores do Pará, o Álbum do Pará (1908), o estatuto do Instituto Orfanológico do Outeiro, assim como ofícios, portarias e relatórios produzidos pela instituição. Para a análise dos documentos, utilizou-se a perspectiva analítico-discursiva baktiniana; já a fim de entender os mecanismos de funcionamento do internato, pautou-se no conceito de “instituição total” e nos pressupostos foucaultianos. Os enunciados discursivos dos documentos analisados apontaram que os discursos, que permeavam a assistência, proteção e educação no Instituto Orfanológico, estavam fundamentados em discursos ideológicos que confluíam para a tese de que esta instituição foi originada para ser um estabelecimento de preparação inicial de mão de obra trabalhadora, pois intencionavam incutir nos educandos valores morais, cívicos e nacionalistas, assim como normas e condutas disciplinares e higiênicas para moldar os corpos dos meninos e se constituírem em sujeitos ordeiros, fortes e saudáveis, que eram aspectos almejados nos discursos produzidos no período republicano, onde a infância pobre era considerada como a categoria social, que deveria ser investida com fins de se tornar futuros braços fortes para atender os anseios da elite e aos princípios políticos do Estado.
Abstract: In 1903, in the context of the great development of the city of Belém due to the profits of the Amazonian rubber economy, the rulers Antônio Lemos and Augusto Montenegro created the Outeiro Orphanological Institute, designed to house male children who were considered orphans and Age group of five and twelve. This institution and the assistance, protection and education actions were configured as the object of study of this doctoral thesis. In the context of the History of Educational Institutions, in the context of the History of Educational Institutions, this thesis problematized political, educational and social discourses in the Outeiro Orphanology Institute in relation to the assistance, Protection and education of orphans and helpless boys? In order to answer this question, the general objective of analyzing the political, educational and social discourses that permeated the Outeiro Orphanological Institute in the assistance, protection and education of orphans and underprivileged boys from 1903 to 1913 was delimited. And as specific objectives, it was sought: a) to investigate the structuring, the space and the body of employees of the institution; C) identify the process of entry, stay and dismissal of the students in the institute; D) characterize the profile of the boys enrolled in the institution; and e) to analyze discourse the practices of assistance, protection and education of orphaned and underprivileged children at the Outeiro Orphanological Institute in the light of the Bakhtinian. The period investigated was selected by demarcating the year of creation and termination of the institution. The study is of the documentary type, having as central information sources for the composition of the corpus of the research the newspaper "The Province of Pará", the Messages of the Governors of Pará, the Album of Pará (1908), the status of the Orphanological Institute of Outeiro, as well as offices, ordinances and reports produced by the institution. For the analysis of the documents, the analytical-discursive baktinian perspective was used; Already in order to understand the mechanisms of operation of boarding school, was based on the concept of "total institution" and Foucault's assumptions. The discursive statements of the analyzed documents pointed out that the discourses that permeated the assistance, protection and education in the Orphanological Institute were based on ideological discourses that came together to the thesis that this institution was originated to be an establishment of initial preparation of labor, Because they intended to instill moral, civic, and nationalistic values among the students, as well as disciplinary and hygienic norms and behaviors to shape the boys' bodies to become healthy, strong, orderly subjects that were sought after in the speeches produced during the Republican period, Poor childhood as the social category to be invested to become future strong arms to meet the yearnings of the elite and the political principles of the state.
Keywords: Educação infantil
Educação e estado
História da Educação - Pará -1903-1913
Órfãos - Assistência em instituições
Instituto Orfanológico do Outeiro
Outeiro - PA
Belém - PA
Pará - Estado
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::HISTORIA DA EDUCACAO
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências da Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Educação (Doutorado) - PPGED/ICED

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_AssistenciaProtecaoEducacao.pdf6,59 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons